PEDRAS RENAIS – NEFROLITÍASE – ANIMAIS OU VEGETAIS?

As pedras renais formam-se quando os materiais que as constituem – em particular o oxalato de cálcio e o ácido úrico – ficam saturados na urina, o que promove a sua cristalização.1 Uma das causas principais para a saturação desses materiais é o consumo de proteína animal, que é particularmente rica em purinas e aminoácidos com um potencial elevado de acidez.2,3 Em consequência, as respostas compensadoras destinadas a restaurar o equilíbrio de ácido-base proporcionam aumentos significativos das concentrações renais de cálcio, oxalato e ácido úrico, o que favorece a formação de pedras.Em comparação com indivíduos que consomem menos de 50g de proteína animal por dia, os que consomem mais de 77g têm um risco 33% mais elevado de desenvolver pedras renais.Por sua vez, a remoção completa da carne pode reduzir o risco em 93% comparativamente a consumir uma dieta omnívora.6 Mesmo em relação às recomendações preventivas tradicionais, que se baseiam na redução de cálcio, a redução de proteína foi demonstrada ser 50% mais eficaz.Em adição, a noção de que se deve reduzir o consumo de vegetais – devido ao seu conteúdo de oxalato – pode ser prejudicial, uma vez que estão associados a uma diminuição do risco.8

A restrição de proteína animal é inclusivamente eficaz na dissolução de pedras renais já existentes.


1 – Vishal N Ratkalkar, Jack G Kleinman. Mechanisms of Stone Formation. Clin Rev Bone Miner Metab. 2011 Dec; 9(3-4): 187–197.
2 – Goldfarb DS, Coe FL. Prevention of recurrent nephrolithiasis. Am Fam Physician. 1999 Nov 15;60(8):2269-76.
3 – C R Tracy, S Best, A Bagrodia, J R Poindexter, B Adams-Huet, K Sakhaee, N Maalouf, C Y Pak, M S Pearle. Animal protein and the risk of kidney stones: a comparative metabolic study of animal protein sources. J Urol. 2014 Jul;192(1):137-41. 
4 – Adeva MM, Souto G. Diet-induced metabolic acidosis. Clin Nutr. 2011 Aug;30(4):416-21.
5 – Curhan GC, Willett WC, Rimm EB, Stampfer MJ. A prospective study of dietary calcium and other nutrients and the risk of symptomatic kidney stones. N Engl J Med. 1993 Mar 25;328(12):833-8.
6 – R Siener, A Hesse. The effect of a vegetarian and different omnivorous diets on urinary risk factors for uric acid stone formation. Eur J Nutr. 2003 Dec;42(6):332-7.
7 – Borghi L, Schianchi T, Meschi T, Guerra A, Allegri F, Maggiore U, Novarini A. Comparison of two diets for the prevention of recurrent stones in idiopathic hypercalciuria.N Engl J Med. 2002 Jan 10;346(2):77-84.
8 – M D Sorensen, R S Hsi, T Chi, N Shara, J Wactawski-Wende, A J Kahn, H Wang, L Hou, M L Stoller; Women’s Health Initiative Writing Group. Dietary intake of fiber, fruit and vegetables decreases the risk of incident kidney stones in women: a Women’s Health Initiative report. J Urol. 2014 Dec;192(6):1694-9.


 

Leave a Reply