MACRONUTRIENTES: PLANTAS VS. ANIMAIS – INTRODUÇÃO

Diet concept. Big red dice with options.

Os macronutrientes constituem a massa nutricional mais preponderante dos alimentos (em conjunto com a água e a fibra), são os requisitados em maior quantidade e são a única fonte de calorias. Há três tipos de macronutrientes, que são conhecidos como os hidratos de carbono, as gorduras e as proteínas. Uma vez que as suas propriedades bioquímicas são tão distintas e estão presentes em quantidades tão significativas, caso estejam em desregulação relativamente aos requisitos nutricionais são os mais sujeitos a comprometer a saúde. Compreender os efeitos dos macronutrientes no organismo é uma peça chave no entendimento dos padrões dietéticos saudáveis, que, lamentavelmente, escapa a uma porção significativa dos nutricionistas e outros ditos especialistas. A maior parte desconhece a influência dos macronutrientes na regulação da saúde, peso corporal e apetite, apesar de estes mecanismos serem tópico de estudo desde há décadas.1

MACRONUTRIENTES:
FONTES VEGETAIS E ANIMAIS

A partir de uma compreensão dos efeitos dos macronutrientes no organismo é possível ter uma noção clara da afinidade do consumo de alimentos de origem vegetal ou animal, uma vez que possuem composições generalizadamente diferentes. Os alimentos de origem vegetal incluem todos os três macronutrientes – hidratos de carbono, proteínas e gorduras – mas providenciam a maioria da sua composição nutritiva a partir de hidratos de carbono (apesar de haver diversas excepções à norma). Pelo contrário, os produtos de origem animal são virtualmente desprovidos de hidratos de carbono e contêm quantidades elevadas de gordura e proteína.

OS ALIMENTOS SÃO DENOMINADOS PELO
MACRONUTRIENTE PRINCIPAL

Os alimentos são tipicamente denominados pelo tipo de macronutriente que se encontra em maior abundância calórica. Por exemplo, a batata é considerada como um hidrato de carbono, uma vez que o macronutriente que contém em maior proporção calórica são os hidratos de carbono, apesar de também conter gorduras e proteínas. A carne, por sua vez, é normalmente uma gordura ou proteína, uma vez que é a partir da gordura ou da proteína que fornece o maior número de calorias, mas encontra-se desprovida de hidratos de carbono.

PRODUTOS ANIMAIS SÃO GORDURAS!

Apesar de a classificação comummente utilizada para denominar os produtos de origem animal ser a de uma proteína, de facto, a gordura é frequentemente o macronutriente caloricamente primordial. Esse erro serve não apenas para deflectir a verdadeira composição nutricional – a gordura animal possui uma conotação negativa – como também a sua proveniência – um animal esfolado é convenientemente tratado como uma proteína.

A única alternativa às calorias provenientes de plantas – ricas em hidratos de carbono – são as calorias provenientes de animais – ricas em gordura  – uma vez que a maioria dos alimentos inteiros tidos como sendo ricos em proteína – carne, peixe, leite e ovos – tendem a aportar naturalmente níveis elevados de lípidos em associação ao conteúdo proteico. Consequentemente, uma dieta direccionada para o consumo de produtos de origem animal representa igualmente a sentença de uma dieta rica em gordura.

Percentagem de Macronutrientes em Alimentos de Origem Animal

macrosanimalProdutos de origem animal providenciam a maioria das suas calorias a partir de gordura, ou uma quantidade elevada de gordura em associação ao conteúdo proteico.2

Percentagem de Macronutrientes em Alimentos de Origem Vegetal

macrosvegetal

Os alimentos de origem vegetal providenciam espectros muito distintos de macronutrientes, no entanto, são generalizadamente ricos em hidratos de carbono.2


1 – Gerstein DE, Woodward-Lopez G, Evans AE, Kelsey K, Drewnowski A. Clarifying concepts about macronutrients’ effects on satiation and satiety. J Am Diet Assoc. 2004 Jul;104(7):1151-3
2 – USDA National Nutrient Database for Standard Reference, Release 27.

Leave a Reply